22 de mar de 2010

RÉU CONFESSO


DONO DE BAR CONFESSA TER EXTERMINADO FAMILIA INTEIRA.





Confesso publicamente que ontem a tarde tomei a decisão de matar o pior inimigo do pequeno empresário. Um indivíduo conhecido com FIADO. Exterminei neste local toda sua família: Sua esposa a senhora NOTA PROMISSÓRIA, seu irmão CHEQUE PRE-DATADO, os filhos COMPRA A PRAZO e CRÉDITO FINANCIADO, alem dos sobrinhos: ESPERE ATÉ AMANHÃ, QUANDO O PAGAMENTO DO ESTADO SAIR, QUANDO EU RECEBER DA PREFEITURA e QUANDO EU ARRUMAR UM EMPREGO. Fui obrigado também eliminar um de menor por nome CARTÃO DE CRÉDITO. Sou réu confesso, os corpos estão enterrados a 200 km daqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário