13 de jan de 2011

O GRITO DE DEUS


Embora as profecias apontem para o fim do mundo, Céticos duvidam que isso um dia possa acontecer, o descrédito às palavras de Jesus registradas por Mateus a mais de dois mil anos tem embaçado a mente da sociedade moderna, impedido que a verdade seja notada.

Catástrofes como as que ocorreram no Nordeste em dois mil e dez são repetidas em vários Estados e capitais do país em dois mil e onze, é como se natureza quisesse chamar atenção para a grande situação que se encontra nosso velho mundo.

Janeiro de dois mil e onze trouxe na bagagem nada além do que está profetizado a mais de dois milênios:

“Homens desmaiarão de dores na expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo”.

Para os estudiosos, estes acontecimentos naturais não são novidades, pois a natureza está apenas devolvendo aquilo que recebe a centenas de anos.

Entendo isso como o grito desesperado de Deus para alertar a humanidade a respeito do final de tudo.

Doenças, assassinatos, guerras, violência, pedofilia e tragédias somam-se às dificuldades criadas pelo próprio homem para acompanhá-lo neste restante de jornada.

Só existe uma saída:

Ouvir o grito de Deus convidando a humanidade para uma mudança de vida. Tem Deus tanto desejo de proteger o homem, quanto tem o homem desejo de ser protegido. Resta, no entanto, “reparos” em vários aspectos do ser humano, principalmente no que diz respeito a vida espiritual.

O homem deste século não tem tempo pra Deus a menos que isso lhe traga lucros e adeptos que valorizem suas teorias de prosperidade.

Será que não está na hora de acordar para a realidade? Há séculos o homem vem buscando soluções para seus problemas, sem, no entanto encontrar resultados positivos. Por que não mudar de lado e TENTAR DA MANEIRA DE DEUS?

O grito de Deus através da natureza vai continuar por longos dias, mas breve será calado, a oportunidade cessará sem deixar desculpas para a humanidade.

Um dia o sol vai brilhar pela ultima vez em nossa galáxia, as ultimas mansões serão derribadas para que outras sejam erguidas em um mundo que nunca mais terá fim. Esta é a esperança de todos aqueles que acreditam nas Escrituras e sabem que tudo isso não está acontecendo por acaso.

Ouça o grito de Deus enquanto há tempo.


José Amauri Clemente

Um comentário:

  1. muito bom,me faz lembrar dessa frase:ouço os passos de um DEUS q se aproxima

    ResponderExcluir