3 de fev de 2011

DIÁRIO DA NATUREZA

Meu diário.
Página 01.
Hoje foi o meu primeiro encontro com o homem, fiquei encantada com tanta perfeição. O criador deixou sobre ele a responsabilidade de cuidar de mim, como troca eu lhe daria o sustento necessário para se manter.
Sou de família rica, sempre tive tudo que quis. O Criador me fez perfeita, mas sem a presença do homem eu seria para sempre incompleta.
Ainda sou jovem, de beleza incomparável, mesmo assim resolvi confiar no homem e doar toda minha riqueza pra ele. Sei que serei bem cuidada.
Página 02.
Estou com o homem há um longo tempo. Ele tem sido uma ótima companhia. Cuida de mim e eu por amor retribuo todo esse carinho. Meus rios, minhas plantas, meus animais, na realidade não posso ser tão possessiva assim, o criador disse que eu seria do homem por completo. Estou muito feliz em poder dividir tudo isso com ele.
Pagina. 03
Hoje é um daqueles dias que estou triste. O homem já não me trata como antes. Criou para si uma coisa que ele chama de dinheiro. Dizem que isto tem muito valor, pelo jeito parece que sim, pois sinto mudança em nosso relacionamento. Ele começou inventar uns objetos estranhos que tem me machucado muito. Ainda não tive coragem de reclamar, até porque ele ainda não me deu oportunidade de falar, mas um dia espero dizer pra ele que tudo que sinto.
Página 04
Querido diário, infelizmente hoje é o dia mais triste da minha vida. Nunca tive coragem de falar para ninguém, mas o homem que me prometeu amar para sempre vive me maltratando. Me trocou por indústrias.
Estou completamente ferida, choro muito, infelizmente sozinha. Todos os dias ele derrama milhões de gazes poluentes sobre mim, perdi grande parte de minhas árvores, muitas espécies de animais foram extintas, não consigo controlar as estações do ano, nem período algum. Acho que estou morrendo. Resta apenas uma saída: Reagir contra ele a fim de que se conscientize do mal que está me causando.
Ainda sou mais forte. Espero que ele me ouça antes que seja tarde e tenhamos que nos separar. Espero que em sua próxima página eu não venha escrever a frase: Querido diário, para me defender tive que exterminar o homem.
JOSÉ AMAURI CLEMENTE
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário