1 de fev de 2013

BRASILEIROS OU PALHAÇOS?

















As vésperas do carnaval, maior festa popular do Brasil, o senado brasileiro transforma em farra o terceiro cargo mais importante da hierarquia Republicana Brasileira: a presidência do Senado. Imagine você que o cargo será ocupado (ou pelo menos há 90% de chances de ser) nada mais nada menos pelo ex-presidente da casa: o cidadão Renan Calheiros, quase cinco anos depois de renunciar a cadeira para escapar dos cinco processos de  cassação do mandato.
Acusado pela jornalista Mônica Veloso de desviar dinheiro Público para pagar a pensão alimentícia de sua  filha o Presidente da casa renunciou o cargo para ficar livre da punição. A verba, segundo ela  saía do caixa da empreiteira Mendes Junior.
“Mandacaru” como é carinhosamente chamado pelos amigos da bancada, é acusado ainda por denuncias de lobby em favor da cervejaria Schincariol, ter rádios em nome de laranjas, cobrança de propina em ministérios controlados pelo PMDB e espionagem de adversário político.  (http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/senado-deve-eleger-renan-nesta-sexta-um-presidente-a-sua-altura )
Como se não bastasse à impunidade privilegiada aos políticos brasileiros, o Senado agora vem a público chamar todos os brasileiros de palhaços, mostrando que na política brasileira pode-se tudo, até mesmo colocarem como representantes do povo um cidadão que é autoridade política pelo fato de ter sido eleito no ultimo pleito eleitoral, mas nunca terá autonomia, nem será exemplo de honestidade para representar uma nação.

Meu país perdeu o rumo
Tá tudo desmantelado
Tem mensalão saindo impune
Tem processo engavetado
Tem balela e tem titica
Tem os ratos da política
Rondando por todo lado

Tem gente que ainda tá preso
Por roubar somente um pão
Pra alimentar seus filhos
Que estavam com precisão
Enquanto que outra cambada
Roubam e não sofrem nada
E ainda ganha a eleição

Culpado ninguém se acha
Pois a Lei dar brechas sim
Promotores e Juízes
Mandam do começo ao fim
O culpado é o povão
Que na ultima eleição
Votou em gente ruim

Ê Brasil de muitas caras
Onde a Lei não é cumprida
Só vale pra quem não tem
Quem pouco lhe resta à vida
Quem tem zomba e faz piada
De uma nação fracassada
Que espera ser protegida

Dizem que a vida é assim
Temos que nos conformar
Quem representa o poder
Não deveria estar lá
Só estão ande estão
Por que na ultima eleição
Nós é que o pusemos lá

Espero que muito em breve
E não demore estes fatos
A população acorde
E realize outros atos
De não votar por dinheiro
E analisar primeiro
Cada um dos candidatos


Ê mundão!!!!


JOSÉ AMAURI CLEMENTE 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS